Skip to content

Tudo o que você precisa saber sobre unhas em gel

Vamos confessar: ficamos apaixonadas pelas unhas em gel e precisamos conversar com vocês sobre nossa experiência. Mas também temos que alertar algumas coisas que aconteceram no processo todo, principalmente depois que retiramos elas. Para isso, reunimos alguns prós e contras da unha em gel:

PRÓS

  • Pouca manutenção: dependendo de com quem você faça, a indicação é que a manutenção seja a cada 15-20 dias, no meu caso eu fazia a cada 30 dias e conseguia manter tranquilamente em casa enquanto não tinha a manutenção. Eu mesma pintava minha unha, então era bem tranquilo.
  • Grande duração do esmalte na unha: é maravilhoso quanto tempo você pode ficar com o mesmo esmalte! As minhas duravam mais de 15 dias, mas nunca testei por até quanto tempo poderiam ficar (eu sempre queria trocar de esmalte pra aproveitar o máximo das unhas).
  • Deixar a unha do tamanho e formato que você quer: eu nunca conseguia deixar a minha unha em um formato que eu gostava. Com as unhas em gel eu não tive esse problema, elas ficaram no tamanho e formato perfeitos, do jeitinho que eu sempre imaginei.
  • “Unhas fortes”: querendo ou não as unhas em gel são bem mais fortes e resistentes que as nossas. Não tive problema algum com quebra ou lascas.

CONTRAS

  • Deixa suas unhas parecendo estar fracas: acho que o problema não é a unha em gel e sim o modo como ela é retirada. Minhas unhas ficaram grandes quando eu tirei, mas ficaram mais finas que o normal pelo fato de que, para tirar o gel, é preciso lixar ele até sair. Ainda tenho algumas marquinhas da lixa enquanto as unhas crescem.
  • A adaptação pode ser difícil: uma das coisas que mais demorei para me acostumar foi a parte de digitar, sério!
  • Se não fizer a manutenção há grandes chances de quebrar: por mais resistente que a unha possa ser, as chances sempre precisam ser consideradas.
  • Pode ser considerado um serviço caro: dependendo da vontade que você tem de colocar ou não, pode ser que você ache que o processo é muito caro. Mas é aquela coisa: melhor profissionais que você confia, fazem um bom trabalho e você paga a mais, do que ter que pagar duas vezes (ou mais) por alguém que fez algo ruim.

Minha experiência:

Comecei a ter interesse por esse tipo de unha a um bom tempo atrás, mas não achava uma oportunidade para fazer. Depois que a Juki colocou e falou maravilhas sobre a técnica, eu fiquei ainda mais interessada. Uma das minhas unhas tinha quebrado no meio e eu estava próxima de um casamento que ia ser madrinha, então tudo indicou que eu precisava colocar logo e testar.

Coloquei em dezembro do ano passado (2016) e os primeiros dias foram bem engraçados. Minhas unhas entravam no teclado do computador do trabalho e eu não conseguia digitar ou escrever direito, tudo questão de adaptação. Depois foi só amor.

Elas sempre foram no formato stilleto com pontinha arredondada, eu pintava toda a semana (me animei total) e me deixaram com uma confiança maravilhosa – eu queria só tirar foto da minha mão e da minha unha de tanto que eu amei, sério!

unhas em gel

Usei por quase 3 meses, uma ótima experiência para saber como é ter aquela unha dos sonhos.

A hora de tirar foi bem triste. Descobri que uma das possíveis causas da alergia no meu rosto poderia ser das unhas e/ou do esmalte, por isso tive que cortar os dois da minha vida. Tirei com a mesma pessoa que colocou minha unha em gel. Sei que é “fácil” de tirar em casa, mas eu não quis arriscar.

Minhas unhas depois que tirei as em gel.
Minhas unhas depois que tirei as em gel.

Minhas últimas considerações: minhas unhas pareciam fracas. Provavelmente porque para tirar o gel, como eu disse anteriormente, é preciso lixar até ele sair e faz com que a unha fique fininha. Também tem o fato de que como estava acostumada com a resistência das unhas em gel, faça parecer que minhas unhas em estivessem mais fracas que o normal – elas já eram bem frágeis.

O único problema real que eu encontrei foi que eu apliquei as unhas com uma delas quebradas no meio e no tirar, ao invés de corta-lapor inteiro para que não quebrasse mais, deixei ela crescer e agora ela está nascendo rachada no meio desde a raiz. Alguém tem alguma indicação de algo que é possível fazer? Talvez um produto ou um truque pra que ela não force tanto a parte quebrada?!

Como resultado final: indico pra quem quer ficar por muito tempo com as unhas. Se for só para um compromisso ou por pouco tempo eu não indico, é preferível nesses casos usar uma unha postiça mesmo. Mas vale a pena experimentar e ver se você gosta! Queria muito ter continuado com as minhas, sinceramente.

E você, já teve alguma experiência com unhas em gel? Queremos saber o que você achou ou está achando delas?! 😉

Facebook Comments

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *